Secretária alerta população de Simões Filho sobre epidemia de Febre Amarela

Compartilhar
Nenhum Comentário Por Agência Visual News, 5 de abril de 2017

Foto: Mapele News

A Secretária de Saúde de Simões Filho, Drª Maria Betânia, chamou a atenção da população sobre os casos de Febre Amarela já notificados em Salvador e em outras diversas cidades em todo território nacional.

“A nossa maior preocupação, a mais veemente é a Febre Amarela. A gente já está de olho, inclusive hoje mesmo já tive uma reunião com Antonio Sergio que é coordenador de Vigilância Sanitária, pra que a gente assista a população devidamente” afirmou Betânia.

A febre amarela é transmitida por mosquitos a pessoas não vacinadas em áreas de mata. A vacinação está disponível nos postos de saúde de todo o país e é recomendada para pessoas que habitam ou visitam áreas com risco da doença. Duas doses tomadas com um intervalo de pelo menos dez anos garantem a proteção por toda a vida.

De acordo com Betânia, é preciso que a população fique atenta para o aparecimento de animais doentes ou mortos sem nenhuma explicação aparente, como o caso dos 4 macacos contaminados pela doença em Salvador.

“Quero esclarecer a população que se encontrarem algum macaquinho morto, tem que comunicar a Vigilância Sanitária. Outra coisa que eu peço a população é que não mate o animalzinho, ele está doente, não é ele quem transmite, quem transmite é o mosquito. Ele também é uma vítima como nós, ele sinaliza pra gente, então o humano está sendo protegido pelo macaco”, salientou a secretária.

Questionada  sobre as dificuldades encontradas pela Secretaria hoje, Betânia diz que o maior desafio se refere a Central de Regulação do Estado, que de acordo com ela não comporta a demanda de procura, o que dificulta o acesso de pacientes a consultas e exames especializados.

“A gente hoje marca todos os exames, agora demoramos de marcar porque dependemos da rede pública estadual. Mas quando a gente não consegue frente a regulação, a gente busca através de amizades próprias pra poder resolver”, explicou ela.

Betânia conta ainda que a quantidade de médicos no município neste momento é insuficiente, no entanto um novo processo seletivo para a contração de profissionais está sendo elaborado para que tão logo, o problema seja solucionado.

“Temos hoje alguns postos sem médicos, mas estamos fazendo nova seleção, estamos contratando novos profissionais pra poder atender totalmente a população de Simões Filho. Em pouco tempo estaremos com as equipes fechadas porque pra tudo a gente depende de autorização, inclusive do Ministério Público”, ressaltou a doutora.

A pediatra demonstrou otimismo com relação a sua atuação à frente da pasta e disse que futuramente a Saúde pública de Simões Filho será elevada a outro nível. “A saúde de Simões Filho está começando a deslanchar, a gente tem muitos projetos futuros, enfrenta algumas dificuldades, mas o nosso horizonte é muito bonito. Vai dar tudo certo”, concluiu.

*Do Mapele News


Deixe um comentário