Preciosidade: Conheça a história da judoca simõesfilhense, bronze no Campeonato Regional na capital capixaba

Compartilhar
Nenhum Comentário Por Agência Visual News, 19 de abril de 2017
Redação: Rede Imprensa | Marcos Castelli

A falta de patrocínio é uma realidade amarga para muitos atletas que precisam superar as dificuldades para se manterem vivo no esporte. Foco e determinação têm sido os pilares para a judoca Vitória Ribeiro, 18 anos, driblar seus limites e desafios. O que uma expressiva parcela da população de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), provavelmente não saiba, que no vasto celeiro de atletas de qualidade que o município possui, desde pequenina, aos 6 anos de idade, a jovem se destaca como medalhista.

Vitoria

Na manhã desta segunda-feira (17), a reportagem do “Rede Imprensa”, conheceu a história de uma das grandes preciosidades do esporte da cidade. A judoca simõesfilhense é medalhista em vários campeonatos brasileiros e também já se consagrou como melhor atleta da Bahia e do Ano. Recentemente, mais uma vez, após superar as dificuldades financeiras para competir, encontrou ajuda e  participou do Campeonato Brasileiro Regional III, em Vitória (ES).

Na capital capixaba, a atleta na terceira luta contra outra judoca baiana; conquistou a medalha de bronze.

17

“É uma dificuldade muito grande”, declarou em entrevista, ao elencar diversas dificuldades. Com a postura de uma pessoa simples, a atleta carrega no olhar muita força e muito amor ao Judô.

Atualmente treina na Faculdade Social da Bahia (Fsba), em parceria com o Judô Esporte Clube Vitória, na Ondina, com o faixa preta e professor Maicon França, um dos melhores técnicos da Bahia e detentor de nada menos que 37 medalhas no Brasileiro.


Faixa preta, professor Maicon França

O amor ao esporte desde os seis anos de idade, contou com a influência do  irmão também judoca, Vinícius Ribeiro, 20 anos, que na época já treinava e participava de competições. Ela também contou com a força da mãe e a grandiosidade do incentivo do pai que sempre lutou para que ambos não desistissem do esporte.


Na foto, Vitória Ribeiro e o seu irmão o também judoca Vinícius Ribeiro. No meio, um dos seus primeiros professores de Judô, o mestre Jorge Sobreira

Vitória relata que os treinos no FSBA, acontecem todos os dias da semana e por inúmeras vezes não consegue treinar por conta da dificuldade para arcar com as passagens para ir à capital baiana. São 4 transportes, todos os dias da semana.

Além disso, falta patrocínio para se inscrever nas competições, pagar passagens, hospedagens, alimentação, falta orientação de uma nutricionista para manter o peso, sem falar, que atualmente para participar das competições, a medalhista pega emprestado o Kimono dos amigos.

“Hoje mesmo não tenho um Kimono adequado para competir”, revelou.

Garra e Persistência

A judoca simõesfilhense já carrega no próprio nome, uma trajetória positiva, mesmo com todas as dificuldades. “Me sinto muito feliz e é muito bom treinar e depois ver um resultado positivo. É uma sensação que nenhum dinheiro pode comprar”, declarou.

Acompanhada de uma delegação com 92 atletas e técnicos, Vitória Ribeiro viajou de ônibus no dia 07 de abril para a capital capixaba. O evento esportivo aconteceu nos dias 8 e 9 de abril. A competição foi realizada pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ) e contou com o total de 529 judocas dos estados da Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Na ocasião, alavancou no ranking nacional, após subir no terceiro lugar no pódio na sua categoria – Sub 21.

Próximas competições

No dia 28/04, a judoca participa do Campeonato Baiano que será realizado no Shopping Paralela, em Salvador.

Já entre os dias, 6 e 7 de maio, a expectativa é conseguir patrocínio para competir na “Taça Brasil de Juniores”, em Blumenau, no estado de Santa Catarina.

Superação e Apoio

Ela conseguiu participar do Campeonato Brasileiro Regional III, no Espírito Santo, através, do apoio do Gerente de Planejamento da Prefeitura de Simões Filho, Miro Petersen. De acordo com Petersen, um amigo do seu antigo emprego, o procurou e solicitou uma ajuda para atleta. Prontamente ele foi em busca de patrocínios.


Miro Petersen e atleta Vitória Ribeiro

“Os vereadores Elimário (PSDB), Del (SD) e um amigo que nos ajudou e ela conseguiu ir e voltar. Ela ter chegado ao pódio; faz nos sentir bastante realizados”, disse.

Apelo

A medalhista ao “Rede Imprensa”, aproveitou e fez um apelo. “Peço aos empresários que me ajude a arcar com as despesas para treinar e competir, através, de patrocínio”, pontuou. A jovem também carrega no olhar, muita esperança e, embora, ainda no anonimato no cenário local, é uma das preciosidades do esporte simõesfilhense, principalmente, por não desistir em meio as diversas dificuldades, desde os 6 anos de idade.

Miro Petersen, também ampliou o apelo e pediu para que os “empresários de Simões Filho, valorizem os jovens atletas”.

Ele também não ausentou o Poder Público da reivindicação. “Esperamos que o ‘Bolsa Atleta’ estabeleça e não fique esquecido como na gestão anterior porque é preciso dar ênfase aos nossos atletas em todas as modalidades.”

O Gerente de Planejamento concluiu fazendo uma avaliação. “Estamos no início de uma gestão, mas a juventude é prioridade, através, da Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude, nas pessoas da Secretária Sirliane Ribeiro e o Superintendente da Juventude, David Farias.”

Os empresários e as pessoas que puderem ajudar a judoca Vitória Ribeiro competir na “Taça Brasil de Juniores”, em Santa Catarina, poderão entrar em contato, através, do número: (71) 9 9391- 9051


Deixe um comentário