Equilíbrio marca o reencontro e BaVi de elite fica no empate na Arena Fonte Nova

Compartilhar
Nenhum Comentário Por Agência Visual News, 22 de julho de 2013

Resultado deixou os times vizinhos na tabela. Leão está um ponto à frente

RTEmagicC_bavidiv.jpg

 

Não houve gol no tão esperado reencontro de Vitória e Bahia na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. O clássico foi movimentado, na tarde deste domingo (21) na Arena Fonte Nova, mas o equilíbrio prevaleceu dentro de campo e na contagem do placar, que não saiu do zero. Pouco mais de 38 mil torcedores acompanharam de perto o duelo que não acontecia há dez anos na elite, e o tira-teima ficou para o confronto do segundo turno.

 

Perdeu o jogo?! Veja como foi a partida no Lance a Lance do iBahia

Um ponto para cada lado, mas os resultados da rodada acabaram favorecendo mais ao Tricolor. Com 13 pontos, o Bahia ganhou uma posição e saiu de campo em sexto. O Leão foi a 14, mas perdeu lugar no G-4 para o Internacional e está em quinto. Três jogos ainda encerram a rodada na noite do domingo.

O próximo compromisso do Bahia também será na Arena Fonte Nova. No domingo (28), o Tricolor recebe o Goiás e joga a partir das 18h30 pela nona rodada. O Leão sai de Salvador e vai até a região Sul para enfrentar o Coritiba, no Couto Pereira, também no domingo e com bola rolando às 18h30.

O jogo – Quando o árbitro deu o comando e a bola rolou na Arena Fonte Nova, o duelo começou aberto e equilibrado, com os dois times buscando o ataque. O Leão teve um primeiro momento de maior posse de bola, mas o Bahia também conseguiu emplacar a sequência de descidas ao ataque para manter o duelo aberto. O primeiro lance com algum perigo maior de gol foi protagonizado pelo Leão, mas somente aos 20 minutos. Escudero levantou para a área na cobrança de falta, Gabriel tentou encobrir Lomba no toque de cabeça e mandou perto, mas por cima da meta.

O Tricolor se manteve firme na defesa e conseguiu devolver o primeiro susto poucos minutos depois. Aos 24′, Wallyson recebeu na entrada da área, dominou e chutou forte procurando o ângulo no gol de Wilson, mas a bola passou um pouco acima do travessão. O Bahia seguiu experimentando e mais ousado nos ataques e voltou a ter boa chance aos 28′. No lance de perigo, Hélder recebeu o passe recuado de Wallyson, chutou cruzado da área e a bola passou rasteira ao lado da trave.

Na volta para o segundo tempo a primeira impressão de velocidade ficou por conta do lado rubro-negro e o Vitória teve sua melhor chance até o momento do jogo, aos 4′. Escudero recebeu na entrada da área, driblou a defesa e chutou colocado, mandou muito perto do gol de Marcelo Lomba e arrancou o suspiro da torcida. O Tricolor devolveu o perigo à altura com Anderson Talisca, que percebe o espaço, chutou forte do canto direito da área e exigiu boa defesa de Wilson.

Depois de uma queda de ritmo no jogo, o Bahia voltou a chegar com grande perigo e desta vez só não abriu o placar graças à boa defesa de Wilson. Aos 24′, Fernandão recebeu o lançamento de Hélder na entrada da área, invadiu a área sozinho e chutou, mas o goleiro rubro-negro chegou abafando e conseguiu a defesa para salvar. Depois dos sustos o Vitória conseguiu aumentar a posse de bola na metade final do segundo tempo, o jogo voltou a ganhar velocidade nas jogadas pelos dois lados, mas não foi o suficiente para tirar o zero do placar em nenhum dos lados.

Vitória 0 x 0 Bahia – 8ª rodada do Campeonato Brasileiro – Série A
Data: 21/7/2013, dom, 16h
Local: Arena Fonte Nova, Salvador
Árbitro: Paulo Cesar Oliveira (SP)
Auxiliares: Luiz Carlos Silva Teixeira (BA) e Adson Márcio Lopes Leal (BA)

Vitória: Wilson; Nino Paraíba (Daniel Borges), Victor Ramos, Gabriel, Tarracha; Michel, Cáceres (Vander); Maxi Biacucchi, Renato Cajá (Camacho), Escudero; Dinei. Técnico – Caio Júnior

Bahia: Marcelo Lomba; Madson, Lucas, Titi, Raul; Feijão, Rafael Miranda, Hélder (Fabrício Lusa); Talisca (Freddy Adu); Wallyson, Fernandão. Técnico – Cristóvão Borges


Deixe um comentário