Concurso da Câmara de Simões Filho pode ser anulado

Compartilhar
Nenhum Comentário Por Agência Visual News, 6 de abril de 2017

Resultado de imagem para camara municipal de simoes filho

O Concurso Público da Câmara Municipal de Vereadores de Simões Filho, para preenchimento de cargos do quadro permanente de Pessoal, realizado no dia 12 de Dezembro de 2016, pode ser anulado.  A informação foi confirmada pelo atual Presidente da Casa do Legislativo, Genivaldo Lima (DEM). Ao todo, o certame que já teve seu resultado divulgado, preenche 22 vagas para vários cargos.

Em entrevista ao Simões Filho Online, o presidente do legislativo, Genivaldo Lima (DEM), admite que houve falhas no concurso. “Eu estarei aqui para cumprir a lei. Existe algumas falhas que houve no concurso que eu admito. Na época, eu era vereador de oposição e mostrei as falhas que existiam no concurso, mas foi levado a frente e o Ministério Público não atuou no sentido de fazer com que promovesse o cancelamento do certame. Contudo, acho que há tempo ainda. Estou aguardando a manifestação da OAB, que já conversamos e disse que vai se manifestar a esse respeito. Tenha a certeza que eu não estarei aqui contra promotoria pública e contra a justiça – estarei favorável, sempre dentro da Lei. O que Lei me permitir estarei fazendo”, disse o parlamentar.


Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Simões Filho, Genivaldo Lima (DEM)

Apesar de já ter sido divulgado o resultado com os nomes dos aprovados, Genivaldo informou que ninguém foi convocado para assumir os cargos disponibilizados no processo seletivo. “Em meu mandato não chamei ninguém, porque eu acho, que o entendimento é que só posso chamar depois que estiver dentro da legalidade – O Ministério Publico dizendo que posso contratar, o Tribunal de Contas do Município dizendo que eu posso contratar – Então, eu só posso contratar coberto legalmente pela Lei”, informou.

O presidente da Câmara de Vereadores revelou ainda que o Concurso Público pode ser anulado. “Certamente poderá ser cancelado, uma vez que o Tribunal de Contas identificar erros gritantes”, explicou Genivaldo, que acrescentou afirmando que: “A OAB disse que já notou que houve realmente fato pautável para o cancelamento. Quando a OAB solicitar toda a documentação, em nenhum momento eu vou me omitir a enviar essa documentação. Eu quero que minha administração seja transparente”, ressaltou.

Por último, Genivaldo Lima informou que caso o concurso seja anulado, deve ser aberto um novo certame.

O concurso

As provas do concurso da Câmara Municipal de Vereadores de Simões Filho foram aplicadas em 27 de novembro de 2016 pela Planejar Consultoria/ Concurso. A lista com classificação dos candidatos aprovados foi divulgada no dia 13 de Dezembro de 2016.

Os cargos preenchidos foram para vagas de Procurador Jurídico (01 vaga), Assistente Administrativo (03 vagas), Assistente de Redação e Debates (01 vagas), Recepcionista (01 vaga), Auxiliar Administrativo (06 vagas), Telefonista (01 vaga) e Auxiliar de Serviços Gerais (05 vagas), Garçon (1 vaga), Ouvidor Legislativo (1 vaga), Auxiliar de Taquigrafia (01).


Deixe um comentário