Baiano segue para próxima fase do Masterchef e participante ‘sem sal’ é eliminada Baiano segue para próxima fase do Masterchef e participante ‘sem sal’ é eliminada

Compartilhar
Nenhum Comentário Por Agência Visual News, 12 de agosto de 2015

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.rIwQALPUHg

No último episódio do Masterchef Brasil, exibido nesta terça-feira (11), o baiano Cristiano Oliveira garantiu a permanência entre os seis melhores cozinheiros do programa, mas a vaga não foi conquistada com facilidade. Ainda sob efeito do mal-estar da semana anterior, quando a competição foi realizada em Manaus, ele ganhou mais tempo de repouso e foi dispensado da primeira prova do dia, para se recuperar das dores de cabeça e febre. Com a ausência, Cristiano não pôde concorrer à imunidade em uma prova em que os competidores deveriam aguçar o paladar e imitar três pratos internacionais exóticos experimentados por Ana Paula Padrão em suas viagens pelo mundo. Os aspirantes a Masterchef podiam escolher entre pastilla, um prato da região do Magreb, na África; a sopa criolla, do Peru e o kabuli pulai, do Afeganistão. Nesta etapa quem se deu melhor foi Izabel, com o prato africano, garantindo a imunidade.
Participantes tiveram que provar e reproduzir pratos exóticos indicados por Ana Paula Padrão | Foto: Divulgação

De volta ao programa, na segunda parte, Cristiano teve que passar pela prova da eliminação, em que os participantes deveriam cozinhar com uma das três cestas que continham ingredientes selecionados pelos chefs. Ficou a cargo imunizada Izabel indicar a cesta de cada participante, e neste momento ela decidiu facilitar para sua amiga Sabrina, deixando para ela os ingredientes do francês Erick Jacquin, já que o marido dela é da França e a paulista tem familiaridade com aquela cozinha. Já para Fernando, a carioca resolveu fazer uma pegadinha. “O Fernando é um dos competidores mais fortes, mas sinto que ele é muito apegado a receita. Com os ingredientes do Fogaça ele pode enfrentar uma certa dificuldade”, justificou Izabel, que também resolveu dificultar para o baiano. “Essa pessoa pode surpreender muito bem ou muito mal a gente e eu quero ver se tem o tempero, se tem mesmo conhecimento, que é o Cristiano”, disse ela ao escolher a cesta de Paola Carosella para ele. A chef argentina captou a malícia na indicação da concorrente e comentou: “Talvez nessas fotos se eu achasse que tinha um competidor que não ia tão bem com a minha cesta era o Cristiano”, disse ela, já que muitos dos seus ingredientes preferidos são desconhecidos pelo baiano.
Cristiano teve que preparar um prato com os ingredientes preferidos de Paola Carosella | Foto: Reprodução

Apesar do grau de dificuldade, Cristiano se saiu bem na prova, mais uma vez recebendo elogios de Paola, que afirmou que ele cozinha com elegância e sem prepotência. Ele preparou peito de galinha d’angola recheado com ricota e queijo pecorino, farofa de pão e salada de mostarda com alcaparras. “Você tem uma característica, talvez a sua principal característica ao meu ver, como cozinheiro. Você tem elegância para cozinhar. Seu prato não é perfeito, não gostei muito da farofa, porque esta mole, não é crocante, não é fininha. A farofa não está boa. Mas a galinha d’angola com a ricota, as alcaparras, as folhas de mostarda, um pouco de balsâmico que você colocou ali e um pouco de azeite de oliva, tecnicamente muito bem executados, saborosos, muito delicados para o paladar, sem excessos, sem arrogâncias, você é naturalmente delicado para cozinhar. Você tem uma calma, Cristiano, para enfrentar a vida, que é admirável. Nunca te vi entrar em desespero. Seja o que for que vai acontecer, ter chegado  até aqui, ter feito o que você fez, cozinhar como você faz deveria ser um prêmio suficiente, parabéns!”, elogiou Paola Carosella.

Prato de Cristiano conquistou paladar dos jurados | Foto: Reprodução

Já Sabrina não soube aproveitar os ingredientes supostamente fáceis indicados por Izabel e errou ao preparar rã com tomate confit e molho de manteiga. Pela segunda vez no dia, – na primeira prova ela também havia pecado por falta de sal – os chefs reclamaram do pouco sabor do prato da competidora. Apesar de ter crescido ao longo da competição, ela foi eliminada, enquanto Fernando e Lucas, que também estavam com pratos ruins, garantiram a permanência por mais uma semana.

 

Fonte: Bahia Noticias

Deixe um comentário